Sáb, 21 de Julho de 2018
Banner
NewsLetter

    confira-videos

      icon-twitter icon-facebook icon-Gmais 

Cerca de 20% das crianças de até 5 anos tem dificuldades para ouvir

hits: 3988
por Kendra Chihaya
Qua, 10 de Agosto de 2011 23:33
PDF Imprimir E-mail

Um quinto das crianças de até 5 anos tem dificuldades para ouvir, de acordo com estudo realizado no Rio de Janeiro com 433 crianças

criancaCerca de 20% das crianças em idade pré-escolar - entre 1 e 5 anos - apresentam algum nível de perda auditiva. No grupo que já frequentava a escola - entre 6 e 12 anos -, a incidência de problemas de audição é de 6%. Os dados estão em estudo, feito no Rio, entre outubro de 2010 e março deste ano, que avaliou 433 crianças até 12 anos. O trabalho serve de alerta a pais e médicos.

"Este resultado mostra que é preciso ter mais cuidado na investigação auditiva em crianças em idade pré-escolar", afirma a autora da pesquisa, a fonoaudióloga Viviane Fontes, acrescentando que a diminuição da capacidade auditiva pode ocorrer por fatores como otites, dores de ouvido, alergias respiratórias, sinusite e rinite crônicas. Além de perfuração de tímpano, caxumba e até pelo uso inadequado do cotonete.

Segundo a fonoaudióloga, as perdas nem sempre são totais, e muitas podem ser revertidas se identificadas logo. Ela alerta que o problema pode comprometer o desenvolvimento da criança: "Nesta fase, o pequeno está adquirindo a linguagem. Não ouvir bem acarreta dificuldade na fala, escrita e aprendizado".

Para piorar, como nesta faixa etária a criança ainda não se expressa bem, há dificuldade de perceber que há um problema. Além disso, a forma de diagnóstico mais comum, a audiometria, é mais eficaz nas crianças mais velhas.

Para diagnosticar as perdas auditivas, o melhor é o teste da orelhinha. "Ele é feito em recém-nascidos, mas pode ser realizado em qualquer idade", frisa Viviane. No Rio, maternidades municipais fazem o teste. Ele pode ser feito ainda nos Centros de Saúde Waldir Franco, em Bangu, e Madre Teresa de Calcutá, na Ilha do Governador.

Atenção

SINAIS
Entre as crianças que podem ter problemas de audição, estão as que falam muito alto, precisam ser chamadas muitas vezes antes de atender e as que ficam muito de boca aberta e coçam muito os ouvidos.

TESTE
Para ter acesso gratuito ao Teste da Orelhinha, basta ir a qualquer unidade de saúde do município e obter encaminhamento para locais que fazem o teste. Até o fim do ano, ele será oferecido em 10 unidades.


 Fonte: Terra.com.br


 

Leia Mais:

Um problema real o DPAC é um transtorno que atinge 7% das crianças em idade escolar

Triagem continua sendo a melhor prevenção para doenças auditivas

Pesquisa realizada pela UNICAMP revela que 29% das crianças até 5 anos se queixam de problemas auditivos

Excesso de barulho nas escolas pode gerar danos à audição

Perda auditiva diagnosticada até os 06 meses de idade pode criar quadro próximo de um ouvinte