Ter, 22 de Maio de 2018
Banner
NewsLetter

    confira-videos

      icon-twitter icon-facebook icon-Gmais 

AOA procura formas para evitar perda auditiva induzida por ruído nos fones de ouvido

hits: 3367
por Kendra Chihaya
Sáb, 27 de Agosto de 2011 22:08
PDF Imprimir E-mail

 

American Osteopathic Associação House (AOA) preocupados com o risco potencial de perda auditiva induzida pelo ruído  que pode ocorrer pela utilização de fones de ouvido em volumes altos durante longos períodos de tempo publicou esta semana recomendações aos fabricantes dos aparelhos.

Preocupados com o risco potencial de perda auditiva induzida por ruído, que pode ocorrer  ao se utilizar  fones de ouvido em volumes altos durante longos períodos de tempo, os membros da American Osteopathic Associação House (AOA) votaram nesta semana que a organização irá defender que os fabricantes de fones de ouvido e outros dispositivos similares, devem  incluir informações sobre os perigos que volume de som alto pode ocasionar à saúde auditiva dentro da embalagem do produto. A política da AOA também prevê recomendar que os fabricantes destes dispositivos implementem mecanismos internos que podem ser habilitados para limitar a produção de um produto de decibéis que não prejudiquem a audição humana. O Centers for Disease Control and Prevention relata que mais de 12% das crianças e adolescentes que sofreram danos permanentes à sua audição, foi devido a exposição excessiva ao ruído em fones de ouvido e i'pods.

"Ouvir fones de ouvido com volume alto por longos períodos de tempo pode resultar em perda de audição ao longo da vida para crianças e adolescentes", diz Brett M. Scotch,  otorrinolaringologista, e membro da AOA . Para o médico " Mesmo uma perda auditiva leve, devido ao ruído excessivo, pode ocasionar atraso no desenvolvimento da fala e da linguagem. " diz.

Além disso, a política da AOA insiste que os médicos devem orientar os adolescentes e seus pais sobre quais são as medidas de segurança necessárias para o uso de fones de ouvido, bem como sobre as atitudes necessárias para se evitar danos permanentes à audição. "Insisto para meus pacientes e os pais de meus pacientes que se você não pode ouvir qualquer coisa acontecendo ao seu redor, ao utilizar fones de ouvido, o nível de decibéis é muito alto ", diz James E. Foy, médico pediatra membro AOA da Califórnia "muitas vezes as pessoas colocam em risco de ocasinar danos à sua audição, porque não sabem identificar quando o volume é muito alto. Mecanismos simples que podem ser projetados nos produtos fabricados podem garantir que os volumes fiquem em níveis seguros  de decibéis, o que atuará a longo prazo  na prevenção da perda da audição, especialmente para os nossos jovens."

 

Fonte: healthyhearing.com

 

Leia Mais:

Entidade alerta sobre o ruído e sua repercussão na saúde e no meio ambiente

Ruídos urbanos são a causa de estresse, depressão, insônia, hipertensão entre outros danos à saúde humana

Perda de audição pode gerar indenização por acidente de trabalho

Excesso de barulho nas escolas pode gerar danos à audição

Três em cada quatro frequentadores assíduos de boates, bares e danceterias correm o risco de perda permanente da audição