Qua, 23 de Maio de 2018
Banner
NewsLetter

    confira-videos

      icon-twitter icon-facebook icon-Gmais 

Crescimento ósseo anormal chamado exostose pode levar a perda auditiva

hits: 5690
por Kendra Chihaya
Seg, 26 de Março de 2012 10:02
PDF Imprimir E-mail

Expor-se constantemente a temperatura e água frias pode causar um crescimento anormal no osso do canal auditivo.

surferO termo médico para o crescimento desse osso é exostose, mas é também conhecido como doença dos esportistas náuticos. Esse termo é utilizado pelo fato de que os casos mais comuns de exostose são provenientes da exposição à baixas temperatura e sobretudo águas frias. Contudo, não são somente os esportistas náuticos que sofrem com esse problema, praticantes de esporte como esqui, caiaque, pescaria, mergulho e outros tipos de esporte em que há exposição à temperatura e água frias, podem adquirir exostose.

Tal exposição provoca um crescimento no osso no canal externo do ouvido e é importante salientar que, a exostose não é necessariamente prejudicial, no entanto, a pressão no canal auditivo vai aos poucos dificultando a drenagem da água, da cera e de outros fragmentos que sucessivamente vão se acumulando dentro do canal do ouvido, causando dores e repetidas infecções levando a perda auditiva.

0 1325703708A remoção cirúrgica dessas estruturas pode ser efetuada nos casos em que a exostose ocasione perda auditiva por crescimento demasiado e obstrução do conduto.

Cirurgia

Há dois procedimentos cirúrgicos para remover esse osso: Um deles é feito através de um corte atrás da orelha em que o osso é removido através de uma perfuração cirúrgica, enquanto que o outro procedimento consiste em remover o osso usando um orifício dentro do próprio canal auditivo. Após a cirurgia o paciente deve evitar frio como também água fria durante 6 semanas. Se esses cuidados não forem feitos o osso pode voltar a crescer novamente.

Proteção

O uso frequente de roupa de mergulho, tampões e outros protetores têm ajudado muito as pessoas a se protegerem do frio e de água fria.

Fonte: http://www.pressofatlanticcity.com

 

Leia Mais:

 

Descoberto gene que causa um tipo de surdez

Insônia, ansiedade, estresse, depressão estão associados à zumbido e perda auditiva

Glicemia alta, diabetes, problemas cardiovasculares entre outros favorecem o zumbido no ouvido  

Diabetes não controlada aumenta perda auditiva em mulheres

Teste de saliva pode diagnosticar possível perda auditiva em recém-nascidos