Qua, 23 de Maio de 2018
Banner
NewsLetter

    confira-videos

      icon-twitter icon-facebook icon-Gmais 

Estudo aponta relação direta entre zumbido e estresse

hits: 2494
por Kendra Chihaya
Qui, 16 de Agosto de 2012 13:33
PDF Imprimir E-mail

 

 

"Tinittus", também conhecido como zumbido no ouvido, é duas vezes e meia mais comum entre pessoas sob estado de estresse é o que aponta estudo realizado na Suécia

 

An individual_conditionEstudo realizado pelo The Karolinska Institute in Sweden (na Suécia), comprova que o "tinnitus" é duas vezes e meia mais comum entre pessoas sob estresse ou com fadiga, do que entre outras pessoas. Os pesquisadores entrevistaram 348 pessoas, as quais foram divididas em 3 grupos com níveis diferentes de estresse. O resultado  foi o seguinte,  31% dos participantes disseram que tinham "tinnitus" e uma terça parte deles tinham problema sério relacionado a zumbido no ouvido (tinnitus).

No estudo foi feito testes em que  os participantes  foram expostos a situações de alto estresse , como por exemplo elas foram  interrompidas  enquanto respondiam as  perguntas  feitas pelos pesquisadores. Após o teste,  um exame de sangue foi feito  para observar as condições de sua audição. O resultado foi que havia um alto nível de cortisol.

Esse hormônio é liberado em situações em que a pessoa se encontra em alto nível de estresse. Testes foram  aplicados a animais e  mostraram que cortisol afeta a audição.

“Nós  descobrimos que tinnitus é duas vêzes e meia  mais comum  em pessoas  que estão sob  situação de longo tempo de estresse , que as demais”, declara a Professora  Barbara  Canlon, uma das responsáveis pela pesquisa.


Grande dificuldade auditiva

“A  dificuldade de captar uma fala, diálogo  que envolva números, em ambientes ruidosos, é pior com grupo de pessoas estressadas que com outras pessoas”, afirma Barbara Canlon. Segundo ela, é a primeira vez que foi comprovado que um longo período de estresse tem um efeito direto com a audição.  “É importante levar em consideração  que um período longo de estresse  e fadiga  pode ser um  risco  para contrair  tinnitus  e hiper -sensibilidade de som”, afirma  Barbara Canlon. Os pesquisadores supõem que tinnitus e estresse reagem juntos e que estresse pode levar a tinnitus e tinnitus pode levar a estresse.

Fonte: Auris nr. 6, 2011

Leia Mais: 

Pesquisa britânica indica que células-tronco podem curar a surdez

Descoberto gene que causa um tipo de surdez

"Tinnitus" pode ser reduzido por meio de terapia Acoustic Coordinated Reset (ACR)

Remédio para impotência pode causar surdez? Médicos dizem que sim