Sáb, 21 de Julho de 2018
Banner
NewsLetter

    confira-videos

      icon-twitter icon-facebook icon-Gmais 

Pesquisa relaciona perda auditiva súbita com apneia do sono

hits: 4220
por Kendra Chihaya
Seg, 17 de Setembro de 2012 02:51
PDF Imprimir E-mail

Pesquisadores do Hospital Universitário de Taiwan sugerem que pessoas que sofrem de apneia do sono correm grande risco de ter perda auditiva neurossensorial súbita.

 

1aapeneisasonoaudisDe acordo com uma pesquisa coordenada pelo professor Dr. Jau-Jiuan Sheau do Centro de Neurologia do Hospital Universitário de Taiwan (Taipei Medical University Hospital) e publicado pela revista Archives of Otolaryngology-Head & Neck Surgery, mostram que 48% dos diagnosticados com perda auditiva súbita, anteriormente eram portadores de apneia do sono. Segundo pesquisadores, isso mostra a correlação existente entre esses dois distúrbios.

Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (S.A.O.S.) é um distúrbio caracterizado por uma pausa na respiração, durante o sono, que atinge um entre cada cinco adultos no mundo. Já surdez súbita se caracteriza como uma surdez sensorioneural de aparecimento abrupto e sem causa conhecida. Seu acometimento é quase sempre unilateral, sendo acompanhada de zumbidos em aproximadamente 80% dos casos e de tonturas em 30%.

A apneia do sono  é fácil de ser tratada após ser diagnosticada, enquanto que a perda auditiva repentina só pode ser tratada se o médico for consultado imediatamente, após a doença ser detectada.

 

Correlação

Assim como perda auditiva, a apneia do sono também está relacionada a obesidade, hipertensão e desordens cardíacas. Com base nesses dados o Dr. Jau-Jiuan Sheau e seus colegas do Hospital Universitário em Taiwan  descobriram que inflamação e mudanças ocorridas nos vasos sanguíneos relacionados a apneia do sono podem aumentar o risco de perda auditiva repentina.

"A apneia do sono causa uma importante inflamação na corrente sanguínea e no cérebro, além de complicações vasculares. Pessoas com apneia do sono também têm o sangue mais espesso. Sabemos que o sangue também vai para o ouvido interno por uma artéria principal e por fora por todos os ramos da cóclea. Todos estes fatores combinados pode causar um mini-AVC no ouvido interno, sendo uma das causas da perda auditiva neurossensorial súbita" diz Sheau.


Sobre a pesquisa

man ear listeningOs pesquisadores analisaram 19.000 boletins de pessoas  com  caso de apneia do sono em um estudo feito com 3.200 portadores de perda auditiva repentina, destes foi descoberto que 240 pacientes sofriam de apneia do sono, antes de terem perda auditiva. 

Destes pacientes com esse tipo de perda auditiva e histórico de apneia do sono também tiveram as maiores taxas de obesidade (95%), colesterol alto (18,2%), diabetes (16,3%), hipertensão (32%), e doença cardíaca coronária (14,2%).

Referência:  (Arch Chefe Otol Neck Surg 2012; 138 [1]:. 55)

Fonte: The Hearing Journal / Archives of Otolaryngology-Head & Neck Surgery, janeiro de 2012.

 

Leia Mais:

AAO-HNS, pela primeira vez, publica recomendação sobre surdez súbita

Ambiente de trabalho é propício para perda auditiva

Remédio para impotência pode causar surdez? Médicos dizem que sim

Médica orienta sobre o que fazer em caso de dor de ouvido e como evitá-la

Estudo aponta relação direta entre zumbido e estresse